terça-feira, 18 de janeiro de 2011

SOS Rio de Janeiro

Não sou muito de gestos de caridade não, acho a participação política EFETIVA mais importante no sentido de prevenir catástroffes, ao invés de ficar eternamente tentando remediar. Mas uma vez acontecida a tragédia, a situação torna-se emergencial, e aí é mais do que válida e necessária qualquer ajuda. Por isso divulgo aqui um comunicado que saiu na imprensa informando locais de arrecadação de mantimentos para as vítimas do que aconteceu no Rio de janeiro. Se puder ajudar, ajude.

* * *

A Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento – Seides – e a Defesa Civil estão trabalhando em parceria com empresários e associações de empresas para mobilizar a sociedade sergipana no sentido de arrecadar doações para as vítimas das chuvas na Região Serrana do Rio de Janeiro.
A campanha será focada, neste primeiro momento, na arrecadação de fraldas descartáveis e colchonetes. A seleção dos produtos foi feita por solicitação da Defesa Civil do Rio de Janeiro, que está organizando a arrecadação de donativos juntos aos outros estados da federação.
Além dos supermercados da capital, as doações podem ser entregues nos seguintes locais em Aracaju:
- Escritório do Programa Mesa Brasil SESC/SE – Rua Riachuelo, 259, bairro São José. Telefone: (79) 3216-5577 - Funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 18h
- Corpo de Bombeiros de Sergipe – Rua Siriri, 762, Centro. Telefone: (79) 3179-3608 - Aberto 24h
- Quartel da Polícia Militar de Sergipe - Rua Itabaiana, 336, Centro – Telefone: (79) 3211-4452 - Aberto 24h
- Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL) – Rua Santa Luzia, 571, bairro São José - Telefone: (79) 3212-7720
- Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE) – Rua José do Prado Franco, 557, Centro. Fone: (79) 3211-9767
O objetivo inicial é arrecadar 25 toneladas de donativos esta semana. Uma carreta com esta capacidade foi cedida pela TransCompras para o transporte do material até o Rio de Janeiro. De acordo com o secretário da Defesa Civil, major Gilfran Mateus, é necessário que as pessoas doem o que está sendo solicitado. “Outros estados também estão colaborando e cada um tem sua parcela neste trabalho, que é conjunto e integrado”, informa o major.
Parceiros da campanha até o momento:

- ACESE – ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DO ESTADO DE SERGIPE
- ADAS – ASSOCIAÇÃO DOS DISTRIBUIDORES ATACADISTAS DE SERGIPE
- ADCE – ASSOCIAÇÃO DE DIRIGERENTES CRISTÃOS DE EMPRESAS DE SERGIPE
- ASES – ASSOCIAÇÃO SERGIPANA DE SUPERMERCADOS
- CDL – CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS
- JORNAL CINFORM
- COLÉGIO ARQUIDIOCESANO
- DEFESA CIVIL ESTADUAL / GOVERNO DE SERGIPE
- ENERGISA SERGIPE – DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S/A
- FECOMÉRCIO – FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO ESTADO DE SERGIPE
- GOVERNO DE SERGIPE
- MESA BRASIL – SESC
- MÍDIA PUBLICIDADE
- ROTARY CLUB DE NOSSA SENHORA DA GLÓRIA
- SINDICATO DOS DISTRIBUIDORES ATACADISTAS DE SERGIPE
- SINDIFISCO
- TRANSCOBRA
- TV SERGIPE

Um comentário:

A wild blumen disse...

É, isso é importante. Aqui (SC), onde acabou o mundo, literalmente, em 2009, e quase todos já se recuperaram da catástrofe, (mas os familiares continuam mortos...) a catástrofe do Rio mobilizou uma rede que me surpreendeu.