quarta-feira, 23 de março de 2011

Enfim, um losango ...

Desde o tempo do império O Brasil tem um losango estampado em sua bandeira. Agora, finalmente, a própria configuração da sociedade brasileira, quando vista sob o ponto de vista da distribuição de renda, se assemelha a esta figura geométrica. A informação foi revelada nesta terça-feira (22/03) pelo estudo O Observador 2011, realizado pela Ipsos Public Affairs, e reverberou pelos principais órgãos da imprensa nacional. Desconfio de estatísticas, sempre tão passíveis de manipulação, mas quero crer que esta seja verdadeira. É um feito memorável e do qual devemos nos orgulhar, e o maior responsável por ele é o barbudinho que comandou, para o bem ou para o mal, os rumos do país nos últimos 8 anos.

Parabéns, povo brasileiro. Que esta tendencia se acentue até a completa extinção da pobreza extrema, esta chaga com a qual não podemos, nunca, nos acostumar.

Parabéns, presidente Lula.

Era pirâmide, agora é losango

As expressões "base da pirâmide" ou "topo da pirâmide" não servem mais para fazer referência à divisão da sociedade brasileira. Com a significativa ascenção da nova classe C nos últimos anos, a figura geométrica que melhor define a divisão de classes no Brasil não é mais a pirâmide, e sim, o losango.
Antes, com um maior número de pessoas nas classes D e E, o "mapa" da divisão da sociedade brasileira era melhor representado pela pirâmide, cuja base é larga e o topo estreito. Agora, com um maior número de brasileiros na classe C, a base da sociedade tornou-se tão estreita quanto o topo e a faixa central ganhou mais volume, o que faz lembrar o formato de um losango.

Os números revelam que a classe C já possui 101 milhões de pessoas, o que corresponde a 53% da população brasileira. Esta faixa da sociedade é maior que a soma de todas as outras camadas. As classes A e B representam 22% dos brasileiros, enquanto as classes D e E têm 25% da população.

* Com informações da Agência Brasil
por Época NEGÓCIOS Online

Nenhum comentário: